quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Escrever se tornou minha mutilação saudavel.

sem clichê nenhum se tornou meu melhor amigo, o unico capaz de entender meu sofrimento sem questionar, julgar ou me perguntar algo. nao a nada mais chato no pior dia de sua vida você prestar contas de algo que quer esquecer, eu desabafo sem medo e a ausencia do medo me faz forte novamente. Estará tudo ali registrado quando eu precisar lembrar. Todos me recriminam por passar horas em frente ao computador doada ao meu blog, mais basta pensar para notar que faço isso por motivos validos, computador desligado-sala com a familia-televisão ligada-todos conversando-Brigas, brigas e brigas, fofocas, falsidade, Hipocrisia e Futilidade. NAO, obrigado! tudo é muito mais facil virtualmente, brigas sao resolvidas com depoimentos de amor, fofocas sao tiradas a limpo tao facilmente, Falsidade acontece mais com muita facilidade é percebida , amores ? Concordo que um olhar , tocar na pessoa que ama é essencial mais amores virtuais acontece por conta do destino, amor pela pessoa e nao por sua altura ,peso e cor dos olhos! Tudo que escrevi pode nao fazer sentido e ser algo infantil, apenas mais uma adolescente idiota escrevendo merdas em seu blog , talvez seja verdade, talvez até eu mesma nao pense exatamente assim. Mais sei que escrevi o que no momento saiu do meu coração , amanhã posso pensar completamente diferente e voce pensar igual. ENFIM! está escrito.

11 comentários:

  1. Nossa, adorei *-*
    Bem profundo!
    Verdade, concordo com algumas coisas que tem ai.
    E também tem alguns dos nossos amigos virtuais que são bem melhores que muita gente que somos obrigados a ver todos os dias.
    Também, adoro escrever *-*

    ResponderExcluir
  2. É muito bom gostar de escrever no blog. Sempre com consciência e na intenção sempre do lado do bem. Esse parece ser o seu caso.
    Segue em frente não desista.
    Abraço

    ResponderExcluir
  3. otimo blog,sucesso a ele

    http://diariodealunos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Para mim escrever é uma terapia, às vezes acho que as palavras já estão prontas e falam através de mim por tanta naturalidade com o que fluem. Eu também dedico bastante tempo ao meu blog, sempre tentando inovar, descobrindo uma ferramenta nova, aprendendo a mexer em tudo, e foi bom porque agora estou super familiarizada e posso até arriscar como webdesign, rsrs, brincadeira. Eu perdi um blog pra um hacker no início desse ano, mas todos os posts continuaram lá, é incrível como depois de um tempo você começa a ler seus textos como outra pessoa, e não como autora, é fascinante. Tinha um ano com ele.
    Enfim, estou te seguindo.

    Se quiser dar uma olhada em minha habilidade dá uma olhada:http://nexosereflexos.blogspot.com/

    p.s.: Você cometeu um errinho no início e escreveu "glichê" ao invés de "clichê".
    2) Eu sou míope, mas estou usando óculos no momento, mas mesmo assim tive extrema dificuldade em ler o texto e tive que aumentar o zoom da página.

    ResponderExcluir
  5. É "clichê".

    Seu blog é bem legal. Se quiser parcerias...

    ResponderExcluir
  6. Olá! No momento estou apenas te seguindo, mas prometo voltar e comentar em breve suas postagens!Agradeceria se seguisse o meu blog, assim criamos um vínculo que facilite a divulgação de ambos os blogs! passa lá?
    http://medicinepractises.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. hmm to vendo que alguem aqui está gostando de falar a verdade rsrsrr
    Abraços

    ResponderExcluir
  8. E quando nao havia blogs.. me serviam muito bem as agendas. Gostei dessa metafora, sobre a mutilação e o escrever... As vezes sinto como se fosse uma força maior, um retorcer de veias... mas nos blogs, apenas pedaços. Ainda prefiro o cheiro e a textura do papel.

    Curti estar aqui...
    Quando puder, passa no Evas sem Costela..
    Beijos e bom sabado...

    ResponderExcluir
  9. Apesar de tudo, ainda prefiro o mundo real.
    É muito melhor resolver uma briga cara a cara, sem ser por depoimentos enviados.
    É muito melhor contar a fofoca na cara da pessoa e vê a reação dela.
    Depois que a gente cresce, a gente vê que o mundo virtual é mesmo sem graça, nem tanto, mas é.

    ResponderExcluir
  10. Escrever para mim é muito mais que um refúgio ou um passatempo. Faço isso há pouco mais de dez anos, e o que eu mais escuto são comentários que me colocam pra baixo, dizendo que meu futuro não está garantido, e que isso não vai me sustentar.

    E no entanto, esses comentários, me fizeram escrever por dez anos, veja bem, estou querendo lhe dizer, que não importa o que os outros digam.
    Escreva mesmo. Se for preciso esconda-se, isole-se, pois muitas vezes o que queremos dizer e não conseguimos, expressamos através das palavras.

    Parabéns pelo texto!
    Estou seguindo.

    ResponderExcluir